Bolsa Família bloqueado para averiguação cadastral

A regularidade dos dados do Cadastro Único é imprescindível para o recebimento de qualquer benefício social. Isso acontece porque os dados servem como parâmetro para análise do perfil familiar. Caso haja omissão ou erro, os benefícios podem ser afetados. É o caso do Bolsa Família bloqueado para averiguação cadastral.

Muitos beneficiários recebem notificações em suas residências ou por meio do extrato bancário sobre possíveis pendências cadastrais. A partir daí, é comum que as famílias busquem a gestão do Programa no município para obter informações sobre o que precisa ser feito.

o entanto, em alguns casos, o bloqueio do Bolsa Família pode ocorrer porque os beneficiários não possuem perfil adequado para o recebimento do auxílio financeiro. O que pode levar ao cancelamento. Por isso, é importante saber o que fazer nos casos de bloqueio para averiguação cadastral.

bolsa familia bloqueado para averiguacao

Por que tive o Bolsa Família Bloqueado para Averiguação Cadastral?

Periodicamente, a gestão do Bolsa Família realiza análises nos cadastros dos beneficiários com o intuito de identificar possíveis fraudes. Essa análise resulta em uma série de informações acerca de irregularidades cadastrais ou pendências. A partir dela, os beneficiários são notificados e convidados a comparecer nas unidades de atendimento, como o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), para regularizar a situação.

Assim, quem tiver o Bolsa Família bloqueado para averiguação cadastral, deve estar atento às situações relacionadas, por exemplo:

  • Omissão de renda: quando a renda informada no cadastro é diferente da renda real da família. Este fator pode resultar no cancelamento imediato do benefício. Afinal, o Programa só contempla famílias com renda de até R$ 178,00 por pessoa;
  • Inclusão de pessoas que não fazem parte da família e não moram na residência cadastrada: outras pessoas não podem ser incluídas como beneficiárias para aumentar o valor do auxílio financeiro ou fazer com que a família se adeque, de forma falsa, ao limite de renda;
  • Apresentação de composição familiar diferente da composição real: qualquer mudança na família, como divórcio, casamento e nascimento de bebê deve ser informada;
  • Omissão de informações sobre vínculo empregatício: em alguns casos, a obtenção de emprego faz com que a família possua renda suficiente, o que significa que pode ser desenquadrada do perfil de renda do Programa Bolsa Família. Por este motivo, muitas famílias omitem informações sobre empregos, o que é considerado irregular pelo Governo Federal
  • Mudança de endereço: caso um representante da equipe gestora do Bolsa Família faça uma visita à família, mas verifique que o endereço cadastrado não é o correto, poderá pedir o bloqueio do benefício para averiguação cadastral. Por isso, qualquer alteração no endereço deve ser informada.

O que fazer caso o Bolsa Família seja Bloqueado?

Caso o bloqueio tenha relação com a averiguação cadastral, é necessário buscar a gestão do Programa o quanto antes. Assim, o responsável familiar deve se dirigir ao CRAS ou local responsável pela gestão no município. É importante portar documentos pessoais e dos beneficiários para proceder a regularização cadastral.

Neste sentido, é importante ter em mãos comprovantes de renda e de residência. Além de outros documentos que ajudem a comprovar a veracidade das informações prestadas.

A partir disso, os dados são reavaliados pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). Assim, o órgão define se a família poderá voltar a receber o auxílio financeiro e poderão desbloquear o benefício se for o caso.

Bolsa Família bloqueado para averiguação cadastral
5 (100%) 1 vote

Leave a Reply